Guia de Adestramento de Cães Passo a Passo

Pastor Belga

pastor belga
Foto por Seongbin Im – flickr

O Pastor Belga é uma raça um pouco controversa, pois possui quatro variedades, que em alguns países, como os Estados Unidos, acabam sendo consideradas como raças distintas.

Se você já tem uma boa experiência com cachorros e está à procura de um bom cão de guarda e também de uma boa companhia, vale a pena conhecer essa raça. Existem quatro tipos de pastor belga. O pastor Malinois, o Groenendael, o Tervueren e o Laekenois.

História da raça e os Tipos de Pastor Belga

Não é possível saber as origens exatas do Pastor Belga, mas acredita-se que essa raça descenda de cães de rebanho da Europa Central.

Foi a partir do final dos anos 1800, que admiradores e apreciadores de cães resolveram refinar as raças de pastoreio existentes na Bélgica – raças essas que ainda não podiam ser consideradas “puras”. Em 1891, foi fundado o Clube do Pastor Belga em Bruxelas, em busca de descobrir uma raça de pastoreio nacional. O primeiro padrão da raça foi escrito em 1892, mas foi apenas em 1901 que a raça teve reconhecimento oficial.

Cada variedade foi desenvolvida em uma região diferente e é nomeada conforme essa região ou de acordo com o castelo dos primeiros criadores da raça. O Pastor Belga Groenendael recebeu essa denominação em 1898 graças ao seu principal criador, N. Rose, do Castelo de Groenendael.

Pouco depois, os Laekenois, os mais raros, foram assim batizados por causa do Castelo de Laeken. Da região de Malines vieram os Malinois. E da comunidade Tervueren surgiu o pastor belga Tervueren.

Há uma controvérsia, porém, em relação à classificação desta raça. Na Bélgica, as quatro variedades são reconhecidas como uma só raça, mas em alguns países, cada variedade é considerada como uma raça diferente. Os EUA são um destes países.

O American Kennel Club (AKC) reconhece apenas o Malinois, Tervueren e o Groenendael como raças. E geralmente é a este último que se associa o nome Pastor Belga, enquanto que os outros acabam sendo chamados de Pastor Malinois e Pastor Tervueren. Já a Federação Internacional de Cinofilia reconhece todos os subtipos como uma raça apenas.

Hoje em dia, o Pastor Belga chama bastante atenção pelo seu desempenho e trabalho na polícia, nas forças militares, em operações de resgate e em operações de detecção de drogas.

Características físicas

Esta raça é grande e forte, sem ser corpulenta, o que lhe dá uma aparência elegante e graciosa. Sua constituição é quadrada e todas as suas variedades possuem estruturas cranianas semelhantes, com focinhos longos, e orelhas pontudas e eretas.

A altura média dos machos varia entre 60 e 66 cm, enquanto que a das fêmeas varia de 56 a 62 cm. Já o peso adequado deve estar entre 28 e 30 kg para os machos e, entre 20 e 25 kg para as fêmeas.

A cor e comprimento da pelagem dependem da variedade. Com exceção dos Malinois, todas as variedades apresentam pelos compridos. Os Groenendael têm a pelagem inteiramente preta, além de ela ser longa, grossa e muito abundante até as pernas.

Os Tervueren apresentam o mesmo tipo de pelagem dos primeiros, mas com uma coloração em tons de preto e dourado. Já o pastor belga laekenois, o favorito da rainha Maria Henriqueta da Bélgica, têm pelos duros e ondulados de cor amarelada, podendo haver uma mistura de pelos de cor branca também. E os Malinois, possuem pelos curtos nas cores pretas e douradas.

Pastor Belga

Personalidade

O Pastor Belga é bastante ativo, atlético e valente. Sensível, é conhecido por formar vínculos fortes com seus donos. É também uma raça extremamente inteligente, mas é bastante desafiadora para se conviver – às vezes pode apresentar tendências dominantes – por isso, se você for um dono inexperiente, poderá ter problemas.

Embora o Pastor Belga esteja sempre atento e seja responsivo, é necessário que o dono transmita suas ordens com confiança e no tempo certo – devido aos reflexos e reações rápidas da raça – para que o cachorro se comporte bem.

De vez em quando, o Pastor Belga pode apresentar um comportamento malcriado e brincalhão. No entanto, é geralmente mais reservado, tímido e distante, além de apresentar um forte instinto de proteção. Costuma também olhar com muita desconfiança para estranhos. Sabendo disso, é importante que os cães dessa raça passem por uma socialização extensiva desde filhotes.

É bom lembrar que cada variedade pode apresentar algumas pequenas diferenças no temperamento :

  • O Pastor Belga Malinois, por exemplo, é o melhor para competições em esportes de proteção e frequentemente são utilizados pela polícia. Essa variedade tem uma personalidade mais forte do que as outras, altos níveis de energia e um grande instinto de caça. Por isso, pode ser bem difícil lidar com ele.
  • Já o Pastor Belga Tervueren, também consegue ter sucesso nessas competições de proteção. Porém, se dão melhor em competições de obediência e agilidade, como em corridas de obstáculos. E sua personalidade pode variar de uma mais despreocupada para uma mais nervosa e inquieta.
  • Já os Groenendaels costumam ter um temperamento mais “leve” e são menos propensos a ter um impulso para trabalhos que a raça costuma desempenhar. Mesmo assim, continuam sendo ótimos cães para competições.

Em relação a outros cães e animais, costumam ser agressivos com cachorros do mesmo sexo e, se não forem bem treinados, podem perseguir e matar gatos e outros animais menores.

Saúde e cuidados

O Pastor Belga pode viver até mais ou menos 14 anos. Então para conservar bem a sua saúde não deixe de alimentá-lo bem e praticar com ele muita atividade física e mental.

  • Alimentação: para um cão adulto a recomendação diária é de cerca de 3 xícaras de ração de qualidade, divididas em duas refeições. É claro que essa quantia pode variar conforme as atividades que o seu cachorro realiza durante o dia.
  • Escovação dos pelos: se a sua variedade for uma de pelagem longa, a escovação dos pelos deve ser feita semanalmente.
  • Aparação de unhas: as unhas devem ser aparadas com regularidade para evitar problemas com as patas e pernas do seu cão.
  • Prática de exercícios físicos: esta raça possui energia pra dar e vender! Faça caminhadas longas e brinque muito com ele.
  • Prática de exercícios mentais: o Pastor Belga pode ficar entediado facilmente e começar a ter comportamentos obsessivos se ficar sem fazer nada. Geralmente expressam o seu tédio latindo e mastigando coisas. Faça-o se exercitar mentalmente com atividades de obediência, agilidade, pastoreio, guarda e/ou rastreamento.

Não se esqueça também de verificar as orelhas e a pele do seu Pastor Belga. Se você encontrar qualquer coisa estranha, marque uma visita no veterinário.

Problemas comuns de saúde nessa raça são: displasia dos quadris e dos cotovelos, atrofia progressiva da retina, hipotireoidismo, epilepsia e câncer.

Pastor Belga preço

Pensando em comprar um? Um filhote de pastor belga está custando na faixa de R$ 2.000.

Mas antes de comprar lembre-se de procurar se existe um para doação nos abrigos para cães abandonados! Têm muito cachorrinho de graça precisando de um lar.

O lugar ideal para um Pastor Belga viver

Apartamento nem pensar! Esses cães precisam de muito espaço disponível para poder correr e brincar à vontade e gastarem todas as suas energias. Uma chácara ou um sítio seriam os ideais, mas uma casa com um grande quintal já deve estar de bom tamanho.

De qualquer maneira, o ambiente deve ser calmo e sem excesso de estímulos para que o cachorro não fique estressado.

Aguentam bem tanto o frio quanto o calor. Contudo, em dias de muito calor, é sempre bom se lembrar de manter o seu pet num local arejado, com sombra e muita água por perto.

E aí, de qual variedade você mais gostou?

Mais raças

Shih Tzu
Jack Russell Terrier
Schnauzer
Buldogue Inglês
Akita
Chow Chow
Sharpei
Yorkshire Terrier
Cane Corso
Chihuahua
Pequinês
Border Collie
Bichon Frisé
Malamute do Alasca
Beagle
Golden Retriever
Dogue Alemão
Basset Hound
Maltês
Lulu da Pomerânia
Buldogue Campeiro
Boiadeiro de Berna
Buldogue Francês
Fox Paulistinha (Terrier Brasileiro)
West Highland White Terrier

PET SHOP