Guia de Adestramento de Cães Passo a Passo

Como treinar seu cachorro para obedecer

Com certeza não há nada melhor do que um cão educado e que obedece prontamente, não é mesmo?

Mas nem todo cachorro aprendeu bons modos e, às vezes, ter um animal mimado e malcriado em casa pode ser um problemão.

Basta navegar um pouco pelas redes sociais para encontrar um vídeo de algum cachorro que aprontou poucas e boas.

Os cenários geralmente estão completamente destruídos e os donos, incrédulos, aparecem dando bronca nos seus pets.

Além do prejuízo que um cão mal-educado pode causar, dependendo da raça, ele também pode acabar sendo perigoso para outras pessoas, e até mesmo para o próprio dono.

Por isso, o adestramento de cães é tão importante e acaba fazendo uma grande diferença no comportamento animal.

Como treinar seu cachorro para obedecer?

Uma das opções é levar o seu animal de estimação para uma escola de adestramento para cães.

Outra opção seria contratar um adestrador particular para te ajudar.

Se você estiver interessado em uma das opções acima, procure escolher um adestrador (ou uma escola) com quem você se sente confortável e pode confiar.

Agora, se você quer economizar, você mesmo pode fazer o treinamento com o seu cachorro!

Confira nosso Guia de Adestramento de Cães – Passo a Passo que vai ensinar você como adestrar o seu cão você mesmo.

Antes de tudo, é preciso ter bastante paciência e estabelecer uma rotina de treinamento.

Portanto, é necessário que você tenha um planejamento e se comprometa a educar o seu cachorro todos os dias.

O segundo ponto é observar e entender como o seu cachorro aprende.

É importante descobrir o que mais o motiva e usar isso como uma recompensa — método esse mais conhecido como reforço positivo.

O que será necessário para realizar o treinamento?

Equipamento

Para dar um treino de obediência básica a um cachorro, não é preciso de muita coisa.

Uma coleira com guia é importante.

O ideal é ter uma guia curta e outra mais comprida, sendo esta voltada para treinos que exigem uma distância maior.

Evite guias retráteis, pois elas não são apropriadas para treinamento.

Não se esqueça também de arranjar alguns petiscos ou brinquedos, já que estes servirão de recompensa para o seu cachorro.

E procure levar em conta o tamanho dos petiscos.

Prefira sempre os de tamanho menor e evite os maiores, pois assim o seu cão não vai se saciar tão rápido e se manterá interessado e focado no treino por mais tempo.

Local
Se você vai fazer um treinamento com o seu cachorro pela primeira vez, procure fazê-lo em um lugar calmo e livre de distrações.

Quando o animal já tiver dominado os comandos que você ensinou, o treino então poderá ser feito em ambientes com distrações.

Isso com certeza ajudará a melhorar o foco do seu pet.

Sessões de treino
É importante criar uma rotina.

O ideal, é que cada sessão de treino tenha de 10 a 15 minutos de duração.

Uma sessão por dia está bom. Mas pode ter uma segunda se desejar e o cão estiver aceitando bem.

Escolha um horário em que você esteja livre de qualquer outro afazer e reserve-o para fazer uma sessão de treino com o seu amigo canino.

E, se possível, procure sempre fazer as sessões nos mesmos horários para criar rotina.

Expectativas

Especialmente no início, pode ser bem difícil que um cão entenda o que se quer dele.

Por isso, é importante ter expectativas realistas e ser muito paciente.

Comece a ensinar os comandos mais básicos primeiro e não tenha pressa.

Um comando por vez. Somente após o cachorro aprender o primeiro, passe para o segundo.

E sempre que você encerrar uma sessão, faça isso demonstrando positividade e nunca o contrário, pois, dessa maneira, você mostrará ao seu cão que os treinos são uma coisa boa e ele com certeza ficará bastante empolgado quando vocês iniciarem uma outra sessão.

Demonstre confiança e faça com que o seu cachorro foque naquilo que for positivo.

Comandos Básicos

Como tudo na vida, precisamos antes aprender o básico para depois conseguir fazer coisas mais avançadas. O mesmo se dá com o treinamento de cachorros.

No início, procure focar nos comandos mais básicos, como o “senta” e “fica”, e insista em continuar os ensinando até que o seu pet os tenha dominado por completo.

É importante que, no momento em que você esteja ensinando tais comandos, você os diga com voz firme e faça sinais claros com as mãos.

Uma vez que o seu cachorro já esteja craque nesses comandos, você poderá começar a ensinar outros mais avançados.

De fato, é preciso se dedicar bastante para educar um cão de forma correta, mas isso com certeza fará uma grande diferença e facilitará a vida de todo mundo.

O importante é conseguir fazer do treinamento algo divertido tanto para você quanto para o seu cachorro.

PET SHOP