Guia de Adestramento de Cães Passo a Passo

Qual o melhor petisco para adestramento

petiscos-para-adestramento

Existem tantos petiscos no mercado que às vezes pode se tornar difícil decidir qual o melhor petisco para adestramento. Assim como com a comida que colocamos no nosso próprio corpo, nas últimas décadas as pessoas têm se tornado mais e mais concientes em relação a saúde e conteúdo nutricional do que damos para os nossos cães. Existem mesmo assim muitos petiscos no mercado que são cheios de sal e aditivos que não são bons para a saúde do seu cão.

Abaixo uma lista de fatores importantes a considerar quando selecionando o petisco para adestramento do seu cão.

1. Tamanho

Um dos fatores importantes na escolha do petisco para adestramento é o tamanho do petisco em si. Durante qualquer sessão de treinamento o seu cão pode consumir uns vinte pestiscos tranquilamente. Como muitas raças têm a tendência de engordar, você deve ser cauteloso com o tamanho do petisco que você vai dar cada vez. Lembre-se que o tamanho do petisco por si só não é o que importa para o seu cão, é simplesmente a recompensa de ganhar o petisco por si só. Como adestradora, recomendo que o petisco não seja maior que o tamanho de uma ervilha e possivelmente até menor para raças pequenas. Você pode escolher um petisco que seja pequeno o suficiente assim como é ou você pode quebrar um petisco maior em pequenos pedaços.

2. Consistência

Existem dois tipos principais de petisco; macios e biscoitos secos. Os petiscos macios são mais fáceis de quebrar em pequenos pedaços. Adicionalmente, algumas raças pequenas e filhotes acham mais fácil mastigar os petiscos macios. É importante que a consistência do petisco não exija que o cachorro precise mastigar em excesso que então toma tempo da sessão de treinamento. Os petiscos macios também tendem ser mais saborosos.

3. Ingredientes

É importante verificar a informação nutricional listada no verso da embalagem de qualquer petisco que você escolher. Petiscos que são feitos sem aditivos, conservantes, corantes ou sabores artificiais são sempre a melhor escolha. Esses ingredientes não são bons para a saúde do seu cão e podem irritar o estômago. Você também deve observar a quantidade de sal. O sal não é bom para cães e muitos dos petiscos comerciais possuem muito sal adicionado. Também deve evitar petiscos que contenham milho. São usualmente utilizados para “encher” o cão na ração, sem ser particularmente saudável para o seu cão.

4. Sabores

A maior parte dos petiscos vêm numa variedade de sabores. O que você escolher não faz muita diferença desde que o seu cão goste.

5. Petiscos especiais

Quando um adestrador se referir a alguma coisa como sendo um “petisco especial”, eles querem dizer algo que seja muito especial que o seu cão geralmente não ganharia. Os petiscos para treinamento regular não caem nessa categoria pois são coisas que você dá frequentemente para o seu cão. Se existe alguma questão de treinamento ou comportamental que você realmente está tendo muita dificuldade, é uma boa ideia usar os petiscos especiais para realmente motivar o seu cão. Eu recomendaria pequenos pedaços de frango, carne ou salsicha, queijo ou pasta de amendoim. É importante escolher comida de boa qualidade. Se você não estivesse confortável em colocar um marca em particular no seu próprio corpo não deveria dar ao seu cachorro também!

6. Petiscos para Cães com problemas de pele ou estômago

Mesmo que o seu cão sofra de problemas de pele ou estômago, existem petiscos de qualidade no Mercado. Escolha um petisco livre de grãos feitos de abóbora ou batata doce. Esses ingredientes são bastante gentis no estômago e não têm nada que possam irritar a pele. Você também poderia escolher um petisco a base de salmão para cães com problemas de pele.

7. Portabilidade

Ouro fator importante para manter em mente quando escolher um petisco para adestramento é o quão fácil será para você carregá-lo. Donos frequentemente levam os petiscos em caminhadas, passeios, idas ao parque e então os petiscos devem ser de tamanho e forma adequada de forma que você possa colocá-lo numa bolsinha ou até mesmo no seu próprio bolso. Recomensar na hora certa é tudo e se você estiver tendo dificuldades em pegar o petisco, quebrá-lo em tamanho adequado você pode muito bem perder a hora e o seu cão irá pensar que está sendo recompensado por alguma coisa diferente.

8. Embalagem

Mesmo que você possa armazenar petiscos abertos numa bolsa plástica ou potinho, escolher um petisco que venha na sua própria embalagem é sempre mais fácil! Alguns petiscos podem ficar duros bem rápido quando expostos ao ar.

Existem muitos petiscos disponíveis no mercado. Se você verificar os ingredientes, tamanho e textura, e usar essas dicas como regra geral, deve ser simples de encontrar um petisco que seja saudável, saboroso e dentro do orçamento.

PET SHOP