Guia de Adestramento de Cães Passo a Passo

Cachorro mordendo o dono

cachorro mordendo dono
Foto por Giuliano Maiolini – Flickr

Quase todo mundo gosta e aprecia ter um cachorro como companhia, especialmente quando este tem cara de bonzinho e parece ser manso.

No entanto, muitas vezes, as pessoas acabam ignorando alguns sinais que o animal vier apresentando e podem acabar feridas por causa de mordidas.

Mas por que os cães mordem? Há diversos motivos que listaremos logo a seguir para que você possa ficar atento.

1. Estresse

Uma das principais causas que fazem um cachorro morder seus donos ou outras pessoas, sem dúvida, é o estresse.

Quando estressados, nossos amigos de quatro patas ficam agressivos: passam a ficar mais agitados e arredios, podem latir, rosnar e, por fim, partirem para o ataque, caso se sintam ameaçados e não vejam outra saída.

O estresse pode surgir por causa de diversos fatores como medo, ansiedade, dor e excitamento.

Ruídos intensos ocorrendo ao redor de onde o animal se encontra, pessoas estranhas querendo se aproximar do cachorro, crianças, outros cães ou animais invandindo o seu território, uma visita ao veterinário, fome, entre outros, tudo isso pode deixar o cachorro estressado.

2. Doenças e problemas neurológicos

Outro motivo para explicar as mordidas de um cão são algumas doenças que podem provocar lesões cerebrais e deixar sequelas no animal (a hidrofobia, popularmente conhecida como raiva, é um exemplo), o que consequentemente fazem com que ele se torne excessivamente agressivo e hostil em relação a qualquer pessoa que esteja por perto.

3. Cães treinados para guarda

Cachorros que foram adestrados a defender os donos e a casa sempre estarão prontos para atacar qualquer estranho que apareça no pedaço.

O problema é que se o adestramento não for feito de maneira adequada, o animal poderá atacar qualquer um, mesmo que seja da própria família, ou um amigo. Pode atacar até mesmo o dono, caso o cachorro não consiga identificá-lo bem.

4. Falta de educação e problemas com hierarquia

Às vezes, cães muito mimados, que conseguem tudo o que querem e acabam se tornando os verdadeiros donos da casa, também podem acabar mordendo os seus tutores caso estes não façam o que aqueles mais desejam.

Para que isso não ocorra, é necessário que o dono saiba ter mão firme na criação e educação de um animal de estimação.

É muito importante saber que se dermos tudo e fizermos tudo o que o cachorro quer, ele passará a interpretar isso como um sinal de fraqueza e não de carinho. Saiba demonstrar quem é que manda na casa!

O que fazer para evitar as mordidas de um cão?

Fique sempre atento aos sinais e ao comportamento do animal. Se perceber que ele está estranho, procure se distanciar e também manter as outras pessoas, principalmente crianças, longe.

Verifique se o cachorro não está estressado por alguma coisa, ou sofrendo de alguma dor e/ou doença. Procure desde o início da sua criação educá-lo adequadamente.

Agora, se você já tentou de tudo e mesmo assim ele continua se mostrando agressivo com frequência, não deixe de procurar a ajuda de um adestrador profissional, afinal, um cachorro bem educado nos dará muito mais segurança e muito menos dor de cabeça.

PET SHOP