Guia de Adestramento de Cães Passo a Passo

Pode castrar cachorra no cio?

Pode castrar cachorra no cio

Normalmente, de acordo com muitos veterinários, a cirurgia de castração já costuma ser bastante difícil de ser realizada, ainda que isso seja uma rotina comum a esses profissionais e mesmo quando a cadela encontra-se com boa disposição e saúde.

Portanto, de imediato já podemos responder que fazer a castração de uma cadela enquanto esta está no cio não é nem um pouco recomendado.

Mas é possível castrar cachorra no cio?

Possível é, mas é arriscado. Por isso, não é o momento mais recomendado. Durante o cio, os vasos sanguíneos que suprem o útero e os ovários estarão mais dilatados, deixando esses órgãos, consequentemente, mais inchados. A vulva também ficará mais inchada.

Ademais, os tecidos dessas regiões do corpo animal ficarão mais “quebradiços”, ou seja, mais frágeis, por isso haverá uma possibilidade maior de sangramento, colocando, assim, a vida da cadela em risco.

Além de ser um procedimento extremamente arriscado e estressante para o animal, pois geralmente o tempo de cirurgia será maior, é muito provável que o veterinário cirurgião se recuse a fazer essa castração – e com toda a razão.

Muitos profissionais optarão por realizá-la passadas uma ou duas semanas depois de terminado o cio.

E se for realmente necessário castrar a cadela no cio?

Antes de tudo, o dono deve se perguntar se há, de fato, algum risco de a cachorra estando no cio cruzar com um cão macho e acabar engravidando.

Na maior parte das vezes, basta manter a cadela em um ambiente que seja inacessível a outros cachorros e aguardar alguns dias até que o cio acabe.

Em todo caso, isso será uma decisão conjunta entre o dono do animal e do veterinário, sendo a palavra final sempre deste último.

Lembre-se também que os custos financeiros de uma operação tão arriscada quanto essa serão bem mais altos, já que o cirurgião e os seus assistentes passarão mais tempo neste trabalho e também utilizarão mais recursos como gaze e sutura, por exemplo.

Os cuidados do pós-operatório, claro, terão de ser redobrados.

Outro fator que deve ser levado em conta além dos mencionados acima, é o tamanho do animal. Quanto maior e mais pesada for a cadela, mais arriscada será a cirurgia. Então pense muito bem se você realmente quer fazer isso ou não.

O melhor mesmo é ter paciência e esperar que o cio passe, afinal a saúde e o bem-estar animal devem vir sempre em primeiro lugar.

Se você possui uma cadela e ainda não fez a sua castração ou está pensando em adotar uma, procure conversar com um veterinário para descobrir quando é a melhor época para fazer esse procedimento.

PET SHOP