Guia de Adestramento de Cães Passo a Passo

Pode deixar o cachorro ficar sozinho o dia todo?

cachorro ficar sozinho o dia todo
Foto por Natasha Brickmanne – flickr

Num passado não tão distante assim, os cachorros viviam ao ar livre e acompanhavam seus donos em seus trabalhos diários. Hoje, com a vida corrida que levamos, a maioria de nossos cães acaba passando um bom tempo em casa e sozinho.

Mas será que você realmente pode deixar seu cãozinho o dia todo sem a sua companhia assim numa boa? Eis a questão. Ou melhor, questões, que vamos te explicar direitinho aqui e agora…

Uma questão de raça

Na realidade, não há um número de horas considerado correto para deixar seu peludo sozinho. O que acontece é que existem raças mais independentes, que ficam períodos maiores de tempo sozinhas sem nenhum problema, enquanto outras são mais digamos que ‘carentes’.

Fazem parte do bonde dos mais ‘desapegados’: Buldogue, Lhasa Apso, Pug, Fox Paulistinha, Shih Tzu, Schauzer, Beagle, Cocker, Jack Russell, Teckel e Bichon Frise.

Já no time mais dependente do dono vemos: Chihuahua, Biewer, Poodle, Pischer, Maltes, Griffon de Bruxellzs e Spitz.

Então, na hora de escolher qual amigo você levará pra casa, opte por aquele que se adaptará melhor ao seu estilo de vida e não o que te agrada fisicamente, ok? Afinal, amor não tem cor, tamanho nem raça.

Uma questão de hábito

Além disso, outro fator é importante e mais democrático que o anterior: O hábito. Por isso, é essencial acostumar o seu cãozinho logo quando filhote com a rotina que terá pelo resto da sua vida.

Ou seja, nada de mimá-lo muito quando pequeno e depois de adulto deixá-lo mais solitário do nada, hein? Ele merece o seu melhor do início ao fim.

Uma questão de energia e de cuidado

Ao sair de casa, deixe seu cão na companhia de brinquedos educativos, assim enquanto você fica fora, ele ficará mais tempo ocupado se exercitando ou brincando e menos tempo dormindo ou até destruindo suas coisas. Logo, todo mundo sai ganhando.

Outra dica interessante e fácil é ligar o radio numa estação mais calminha ou nesses programas de entrevistas. Não custa quase nada pra você e vale muito pra ele.

Lembre-se sempre ainda que quando vocês estiverem juntos, seu cãozinho deverá se exercitar, todos precisam gastar energia. É claro que o tipo e tempo de exercício dependem da idade, da raça e até dos problemas de saúde, por isso procure um veterinário para te auxiliar na escolha correta.

Ah e nem precisamos dizer que água fresca à vontade é item obrigatório, né? Sem você, sim, mas sem água, jamais.

Uma questão de amor

O mais importante de tudo é entender que adotar ou comprar um cachorrinho é uma decisão séria, que deve ser muito bem pensada e analisada por todos os membros da casa.

Cachorro é um animal sociável, conhecido como nosso melhor e mais fofo amigo, então se for pra não dar atenção e oferecer seu tempo, nem tenha um.

Afinal, estamos falando de uma vida que além de tudo deixa a nossa muito mais feliz. Aliás, quem tem um cão e não desfruta da companhia dele, ah, perde muito mais que ele próprio, hein? .

Distúrbios de comportamento

Por fim, é importante observar o comportamento do seu cão. Ele está latindo em excesso ou chorando muito? Em alguns casos, isso pode ser um distúrbio chamado ansiedade de separação. Nessa situação você precisará dar uma atenção especial ao seu filhote para ajudá-lo a lidar com o stress, fazendo algumas coisas como por exemplo, levando-o para passear com mais frequência.

PET SHOP