Guia de Adestramento de Cães Passo a Passo

Com quantos dias pode dar ração para filhotes de cachorro?

Foto por Christian Haugen – flickr

Em geral, os filhotes podem passar a comer ração úmida entre 30 e 45 dias (ou de quatro a seis semanas) de idade, e ração sólida a partir de mais ou menos 60 dias (ao redor de nove semanas) de idade, a depender da raça.

Mas, e antes disso?

Quando o filhote é ainda apenas um bebê, é importante que ele fique aos cuidados da mãe, uma vez que o leite materno já provê todos os nutrientes necessários à dieta do cãozinho e, também, anticorpos, que evitam várias doenças.

No entanto, pode ser que em alguns casos a mãe acabe tendo patologias como a mastite ou a eclampsia.

A primeira, trata-se de inflamação nas glândulas mamárias, ou seja, a cadela vai apresentar mamas inchadas e doloridas, podendo ou não haver infecção.

Já a segunda, também conhecida como febre do leite, se dá por conta da descalcificação, a qual, por sua vez, é causada pela lactação.

A sua ocorrência é mais comum em cadelas que tiveram um número maior de filhotes.

Algumas raças como, por exemplo, Poodles e Chihuahuas, também são mais propensas a sofrer deste problema.

Nesses casos, o leite pode acabar não sendo suficiente, em termos de quantia e/ou nutrição, para um filhote.

Se você tem uma cadela que está com cria e os filhotes andam chorando bastante e apresentando baixo peso, isso pode ser sinal de alguma das doenças mencionadas acima.

Para contornar esse problema, então, é necessário suplementar a alimentação dos cachorrinhos com leites especificamente desenvolvidos para eles.

Esses leites também devem ser dados em garrafas especiais e adequadas para filhotes.

Aliás, se você for adotar um filhote, nunca adote um com menos do que nove semanas, ou dois meses de idade, pois, durante essas primeiras semanas de vida, é somente estando com a mãe que ele terá um bom desenvolvimento e poderá crescer com saúde.

Ao redor de quatro ou seis semanas de idade do cachorro, os criadores ou donos já podem começar a introduzir comida pastosa na alimentação dos filhotes.

Isso é bom, pois já vai acostumando o cãozinho com alimentos diferentes e permite com que ele não venha a ter grandes problemas com a digestão eventualmente. Isso também permitirá um desmame com mais facilidade.

As comidas pastosas podem ser rações úmidas que já vem prontas na embalagem (sachê ou patê), ou podem ser uma mistura de leite com ração sólida.

Lembrando, também, que esses alimentos devem ser aqueles especialmente formulados para filhotes. Essa informação pode ser facilmente encontrada na embalagem dos produtos e há uma grande variedade no mercado.

É muito importante dar alimentos específicos para filhotes, pois estes têm necessidades diferentes da dos adultos.

Como os filhotes estão em fase de crescimento e são muito mais ativos do que os adultos, eles precisam de alimentos ricos em ômega 3.

Na época do desmame, o ideal é dar esse alimento pastoso em pequenas porções (1/2 xícara) espaçadas durante o dia. O recomendado é de 3 a 4 vezes ao dia, pois isso auxilia na digestão e evita a dilatação do estômago do pet.

É claro que a quantia pode variar de indivíduo para indivíduo, pois também deve-se considerar o metabolismo, o tipo de corpo do cachorro e o quão ativo ele é.

E deve-se ir diminuindo a umidade dos alimentos aos poucos, até que o filhote passe a comer apenas alimentos secos.

Após o desmame, quando o filhote já tiver ao redor de oito ou nove semanas de idade, alimentos sólidos já são recomendados, mas isso também depende da raça do animal.

Segundo o American Kennel Club (AKC), para as raças maiores, recomenda-se começar a dar a ração sólida entre 9 ou 10 semanas de idade. Já para as raças menores, entre 12 ou 13 semanas.

Ainda segundo o AKC, entre três a seis meses de idade, já é possível reduzir as porções de alimento de quatro a três vezes no dia. E entre os seis e doze meses de idade, os donos já podem reduzir para duas porções durante o dia e trocar a ração de filhote pela a de adulto.

Novamente, essa redução e troca de ração devem ser feitas considerando-se a raça do cachorro. Raças menores podem ter a ração trocada e passar a comer quantias menores em uma idade menos avançada, enquanto que as maiores podem continuar comendo a ração para filhotes e mais porções até os 14 meses de idade.

A partir de um ano de idade, a maioria dos cachorros já deve estar se alimentando da ração para adultos e em quantias bem menores. Aqui, deve-se considerar o peso do animal para definir a quantia de calorias que ele pode ingerir durante o dia. Sendo o ideal dar a ração duas vezes ao dia e em horários regulares.

Não alimente o seu pet com comida para filhotes mais do que o tempo recomendado, pois uma alimentação incorreta pode levar o seu cão a ficar obeso e a ter problemas ortopédicos.

Sabendo de tudo isso, agora você já deve estar bem preparado para cuidar de um filhote, não é mesmo? Em caso de dúvidas mais específicas, não deixe de procurar pela ajuda de um especialista.

PET SHOP