Guia de Adestramento de Cães Passo a Passo

Regras Básicas para um Adestramento de Sucesso

Regras-Básicas-Para-Um-Adestramento-de-Sucesso

Existem diversas coisas para levar em consideração que irão ajudar a garantir sucesso no seu processo de treinamento. Você deve esperar que o seu cão participe no processo de aprendizado, mas não pode torná-lo tão difícil que ele não possa conseguir. Tome o seu tempo, e aprenda a se comunicar efetivamente com o seu cão. Use recompensa para reforçar comportamentos desejados e defina um programa de treinamento que funcione melhor para o seu cão individualmente.

1. Deixe o seu cão pensar

Seguido queremos ajudar os nossos cães um pouco demais. O esforço para descobrir algo por si só promove o aprendizado, enquanto dar a informação de colher não. O seu cão irá de fato aprender mais rápido se você tomar o tempo para deixá-lo descobrir o que você está procurando. Alguns adestradores utilizam um processo chamado modelagem. Se eu fosse modelar o sentar, colocaria uma mão abaixo do queixo do cão e a outra atrás das suas patas traseiras levando-o a posição de sentado. Então o recompensaria por sentar. Mas na verdade, o cão não fez nada. Ele certamente não está pensando, e enquanto este método pode eventualmente funcionar, o aprendizado de fato leva muito mais tempo para se fixar e pode ser facilmente esquecido se não praticado diariamente. Esta é uma forma muito ineficiente de treinar o seu cão. Para permitir o seu cão pensar, você precisa mostrar a ele que pode conquistar uma recompensa, mas então permiti-lo experimentar como exatamente fazer isso. Quando ele acertar o comportamento adequado por si só, dê a recompensa. Agora o seu cão de fato participou no processo de aprendizado, e ele não só irá aprender mais rápido, mas lembrará melhor.

2. Não apresse o processo

Todo cão aprende numa velocidade diferente. Permita que o seu cão aprenda no seu próprio ritmo e não se frustre. Não se sinta tentado a comparar o seu cão com outros cães no seu grupo de adestramento ou com cães que teve no passado. Ele é um indivíduo. Permita tempo para ele aprender a lição por si só de forma que o processo de aprendizado aconteça. Se você achar que o seu cão não está aprendendo, dê um passo atrás no processo para o último passo em que ele estava sendo bem sucedido e gradualmente continue novamente em direção ao seu objetivo. Em adestramento queremos que o nosso cão suceda, o que significa que não pedimos mais do que ele está preparado para fazer.

3. Recompense comportamentos desejados na hora certa

A melhor forma de fazer isto é com o que chamamos de “adestramento com marcador”. Assim como Pavlov podia fazer com que seus cães salivassem ao som de uma campainha logo antes que sua comida fosse colocada para eles, nós podemos usar um som que cria uma reação psicológica prazerosa em cães porque é sempre seguida de uma recompensa. Quando o cão ouve o som, ele sabe que ganhou uma recompensa sem precisar vê-la. O marcador pode ser verbal (“Sim!” ou “Bom!” são alguns que posso usar) ou um clique (que pode ser feito com a sua boca ou com um aparelhinho chamado clicker) e deve acontecer no exato momento que ele estiver executando o comportamento e então o petisco é dado. Só tenha cuidado para não marcar tarde demais. Se você marcar após o cão ter movido para um novo comportamento ele achará que está sendo recompensado por algo diferente do que o que realmente está. O petisco pode seguir o comportamento, mas o marcador verbal ou clique dever ser no momento exato!

Não espere que o seu cão fale a sua língua até que você o ensine. É inútil dizer “senta” para um cão que ainda não sabe sentar para você. Ensine-o que você gosta do sentar e então o ensine que o comportamento chama-se “senta”. Quão seguido você diz “Não” para o seu cão mas ele não muda o seu comportamento mesmo assim? Assim como “senta” o seu cão precisa aprender o que “não” significa para você usá-lo de forma efetiva.

4. Preste atenção na linguagem corporal do seu cão

Se o seu cão ficar estressado, ele usará seu corpo para indicar que não entende a lição. Se ele começa a mostrar linguagem corporal de que está estressado verifique se não é você a causa do stress respirando fundo, livrando-se de quaisquer frustrações que você possa estar tendo e peça a ele para fazer alguma coisa que saiba fazer bem. Quando ele fizer, recompense-o copiosamente. O treinamento deve ser divertido para ambos você e o seu cão. Ele aprenderá muito mais dessa forma.

Aqui estão algumas coisas para você cuidar:

• Língua agitada (agitando a língua até o nariz, geralmente por repetidas vezes)
• Bocejando
• Ofegante quando não está quente
• Virar de costas para você e se sentar
• Cheirando o chão
• Deitando
• Congelando

Se parece que o seu cão se desinteressou pelo treino, dê um tempo. Quando voltar faça as coisas mais fáceis e divertidas. Ofereça petiscos mais gostosos. O seu trabalho é ajudá-lo a ser bem sucedido.

5. Descubra qual a recompensa favorita do seu cão

A maior parte dos cães prefere comida, mas não todos. E alguns cães podem ser mais seletivos que outros. Se o seu cão trabalha entusiasmado por um biscoito você pode utilizá-lo para treinar. Caso contrário considere pegar outro tipo de petisco, como por exemplo, frango. Alguns cães não querem trabalhar por comida, mas sim em troca de diversão e brincadeiras com o seu dono. E pode também trabalhar por carinho e afeição. Seja o que for que o seu cão considera como recompensa é o que você deve usar.

6. Recompense comportamentos que você gosta e ignore os que não gosta

Qualquer comportamento que você recompensar irá se tornar mais forte. Use isso para construir o repertório de comportamentos do seu cão até que você tenha ferramentas para substituir comportamentos indesejados. Não recompense comportamentos indesejados. Você pode estar fazendo isso sem nem mesmo perceber. Os cães, assim como crianças, aceitam atenção negativa se é isso que está disponível. Um cão pula no seu dono por atenção. Se o dono grita para o seu cão, oferece os joelhos para o cão ou até mesmo olha para o cão em resposta, o cão terá ganho a sua recompensa por ter pulado. Mas se o dono do cão agir como se o cão não existisse (sem contato visual, verbal ou toque) então não existe recompensa por pular. Se eu recebo uma recompensa por sentar, mas não por pular, e você me diz para sentar em situações que eu possa pular, eventualmente vou aprender a sentar por atenção.

7. Evite punir

O truque para o adestramento de sucesso é ensinar o seu cão o que você quer que ele faça em vez de ensinar o que você não quer que ele faça. Imagine isto no contexto de criar uma criança. Se você disser para seu filho não pular na cama, pode ser que ele ainda vá e pule no sofá. Mas se você disser para o seu filho ir andar de bicicleta você terá dado a ele algo que excluí pular na cama. Punir não ensina o seu cão o que você quer que ele faça. Ele é deixado para decidir isso por si só. Punição pode suprimir comportamentos indesejados, mas é frequentemente temporário, e muitas vezes se segue de consequências indesejadas. Cães que são punidos seguidamente podem se tornar agressivos para com a pessoa que está o punindo ou para com alguém que simplesmente acontece de estar presente no momento numa tentativa de fazer a punição parar ou eles podem simplesmente parar de ter atitudes porque não conseguem descobrir como evitar as punições. Punição nunca deve ser usada para tentar ensinar comportamentos. Punição por definição reduz comportamentos mas nunca faz um comportamento mais forte. Apenas recompensa faz comportamentos mais fortes.

8. Pratique frequentemente e mantenha suas sessões de treinamento curtas

A maior parte dos cães mantém foco por pouco tempo. Em vez de tentar trabalhar com o seu cão por diversas horas de uma vez só, tente quebrar as sessões de treinamento em diversos intervalos pequenos.

Seguir estas oito regras irá aumentar a efetividade das suas sessões de treinamento com o seu cão. Lembre-se que cada cão é um indivíduo e que o treinamento precisa ser adequado para suas necessidades e feito de forma que ele possa entender. Seja gentil e paciente. Antes que você perceba o seu cão estará surpreendendo seus amigos com suas novas habilidades!

 
Ração Hill’s Adulto Raças Pequenas aqui.