Guia de Adestramento de Cães Passo a Passo

O que pode ser quando o cachorro fica triste?

Por quê os cachorros choram
Foto por the future is unwritten – flickr

Você tem notado nos últimos tempos que o seu cachorro está mais desanimado do que o costume? Você reparou também que o comportamento do seu amigo canino mudou? Pois é. Assim como nós, os cães também se sentem tristes – mesmo que por motivos diferentes dos dos humanos.

O problema é que eles não podem se expressar do mesmo modo que nós, então a tarefa de descobrir o porquê de estarem tristes não é das mais simples. Quem dera se eles pudessem falar! Mas, infelizmente, não podem. Dessa forma, cabe a nós mesmos tentarmos desvendar a razão de estarem tristonhos.

Em primeiro lugar, é necessário observar com atenção como o seu cão anda se comportando. A mudança de comportamento pode ser um dos primeiros sinais de que algo não vai muito bem.

Um animal triste pode apresentar alterações em seu ciclo do sono – pode ficar mais letárgico e apático – e em seus hábitos alimentares – geralmente tem menos apetite que o normal. Pode também mostrar-se mais agressivo e adquirir comportamentos destrutivos – estes últimos costumam ocorrer principalmente quando o cachorro quer chamar a atenção dos donos, pois passa muito tempo sozinho e longe dos seus queridos humanos. Além disso, o cão pode também se mostrar menos afetivo conosco e apresentar outros sinais de depressão como lamber demais as patas e queda excessiva de pelos.

Depois de observados esses sinais, é preciso pensar nos motivos que podem ter causado a tristeza do nosso amigo de quatro patas. As causas podem ser muitas e variadas. A seguir, listamos as mais comuns:
• Mudança de residência;
• Síndrome de Ansiedade da Separação;
• Algum choque ou trauma;
• Perder uma briga com outro cachorro;
• Falecimento do dono ou de um outro animal que lhe fazia companhia;
• O nascimento de um bebê;
• Alguma doença ou lesão que o animal tenha sofrido.

Sem dúvida não é tão fácil descobrir a causa da tristeza de um animal, mas menos fácil ainda é suportar vê-lo triste. Claro que não é possível deixar um bichinho sempre feliz. No entanto, há algumas medidas que podemos tomar para que os nossos amados cães não fiquem tão tristes. Aqui vão algumas dicas.

Procure sempre manter a rotina do seu cão o mais consistente possível. Isso evita com que ele fique estressado e, assim, tenha uma melhor qualidade de vida. Tenha cuidado para não reforçar inadvertidamente a depressão do seu cachorro – infelizmente, dar atenção a um animal que mostra comportamentos indesejados pode apenas reforçar esses mesmos comportamentos.

E, o mais importante, não o deixe sozinho por muito tempo! Busque sempre fazer atividades saudáveis com ele, como brincadeiras e passeios.

Às vezes, pode ser simplesmente uma questão de tempo até que o animal deixe de se sentir triste. Porém, caso você desconfie de algo mais sério ou esteja em dúvida quanto à saúde do seu cachorro, ou, se ele continuar deprimido mesmo que você tenha tomado todas as medidas para não deixá-lo assim, o melhor a se fazer então é consultar um especialista.

 
Ração Hill’s Adulto Raças Pequenas aqui.