Guia de Adestramento de Cães Passo a Passo

Maltês

Foto por kitty.green66 – flickr

Filhotes de cães são tão fofos, que muitas vezes até nos passa pela cabeça o desejo de que eles pudessem ficar assim para sempre. Se você já pensou assim, talvez um cachorro Maltês faça de você um dono de cão muito feliz.

Pertencente do grupo dos Toys, ele não deverá crescer mais do que 25cm de altura quanto atingir a idade adulta, e manterá muitas das características de filhote por toda a sua vida.

Portanto, espere um cão que se manterá doce, brincalhão e com uma carinha meiga e expressiva, mesmo depois de adulto. Se você já se apaixonou pelo Maltês, espere até ler mais sobre ele. Pode ir sonhando com esta bolinha branca e cheia de pelos correndo pela sua casa!

História e Origem da Raça

De história o Maltês entende, já que é uma das raças mais antigas do grupo dos Toys. Para você ter uma ideia, até Aristóteles citou a raça, por volta do ano 370 aC!

Por ser uma raça tão antiga, você pode imaginar que não se consiga buscar com exatidão todos os detalhes da origem da mesma. De toda forma, como o nome sugere, muitas teorias acreditam que a raça surgiu na Ilha de Malta, no Mar Mediterrâneo.

Lá, o Maltês teria sido desenvolvido a partir de outras raças de cachorros, dos tipos Spitz e Spaniel. Apesar de essa ser uma das teorias mais aceitas, é importante comentar que também existem outras linhas de pesquisa, que apontam desde a Itália até locais da Ásia como possíveis regiões de surgimento da raça.

Seja como for, o longo e sedoso casaco branco dos cães da raça Maltês logo caiu nas graças da nobreza. Entre os séculos XV e XVI, o maltês virou o xodó dos mais abastados, de aristocratas franceses a rainhas inglesas. Não é raro ver representações da raça em pinturas da época: não bastasse ser um amor de cão, ainda é fotogênico!

No entanto, o homem não estava satisfeito com tudo o que o Maltês podia oferecer, e queria que a raça fosse ainda menor. Tentativas foram realizadas para que este cão chegasse ao tamanho de um esquilo, porém foram totalmente frustradas, e quase acabaram por extinguir a raça.

Felizmente, a raça Maltês foi recuperada, graças ao cruzamento com Poodles, Spaniels e outras raças de pequeno porte do leste asiático. Desta forma, e para a nossa alegria, a raça de cachorro Maltês segue espalhando seu charme pelo mundo até os dias de hoje!

Maltês Infografico

Características Físicas

Com toda a certeza, a pelagem é a característica mais marcante da raça de cães Maltês, já que ela forma um manto longo e sedoso que o cobre da cabeça aos pés. Mas não pense que isso significará uma montanha de pelos pela sua casa: a raça perde pouquíssimo pelo, inclusive sendo indicada para pessoa que sofrem de alergias por este exato motivo.

Poderá ser difícil de escolher entre o filhote mais fofo da ninhada, mas a cor não complicará a escolha do seu novo amigo: eles são sempre branquinhos. Os olhos, bem escuros, redondos e expressivos (irresistíveis, vamos admitir), são um traço marcante do Maltês.

Seu peso, compatível com a baixa estatura, deve ficar em torno dos 3kg. A cauda é um charme à parte, já que faz uma voltinha e fica caída ao lado do corpo. As orelhas pendem ao lado da cabeça e, adivinha? São bem peludinhas! Ótimas para encher de afagos.

Personalidade e Temperamento

O Maltês é o legítimo cão de companhia: dócil, carinhoso, animado e apegado ao dono. Às vezes, apegado até demais: é uma raça que sofre do que se conhece por ansiedade da separação. Em outras palavras, sente bastante se for deixado sozinho por várias horas, todos os dias. Neste caso, poderá desenvolver comportamentos destrutivos com objetos da casa e latir muito.

Mesmo que não falte amor no seu coração para um Maltês, sabemos que é normal nos faltar tempo. Por isso, pense nesta questão antes de optar por ele.

Esta raça também é conhecida por ser inteligente, respondendo bem ao adestramento. E não se engane pelo seu tamanho: você poderá se surpreender com a quantidade de energia, agilidade e agitação dentro deste corpinho. O lado positivo é que, apesar disso, ele fica feliz em gastá-los em ambientes relativamente pequenos, não sendo necessário um quintal muito grande para extravasar.

Por fim, é um cão leal, destemido e autoconfiante, socializando-se facilmente com outros animais, pessoas e crianças. Sobre as últimas, um cuidado especial: muitas pessoas não entendem o quão frágil um cão Toy pode ser. Supervisione sempre as brincadeiras entre o Maltês e as crianças, e alerta geral na casa: cuidado onde pisam!

Cuidados com a Saúde

Que o Maltês tem pelos que não acabam mais, você já está careca de saber. Não por acaso, esse é um dos maiores cuidados que ele demandará de seu dono: escovações frequentes serão necessárias para que os pelos não virem um grande emaranhado de nós. O hábito que muitos donos adotam para facilitar esta questão é a tosa, além de manter o Maltês, ainda mais, com ares de eterno filhote.

O American Kennel Club refere-se ao Maltês como uma raça bastante saudável, não apresentando doenças mais sérias no geral. Alguns casos isolados de Síndrome do Tremor do Cão Branco, distúrbio de movimento nos cães, poderão ser observados na raça, mas não representam casos frequentes.

Por fim, é importante comentar que alguns destes cãezinhos apresentam um sistema digestivo delicado, podendo ser exigentes com sua alimentação.

Qual o valor do cachorro maltês?

O preço de um maltês filhote fica por cerca de R$ 1.500,00.

Mas antes de comprar lembre-se de procurar se existe um para doação nos abrigos para cães abandonados! Têm muito cachorrinho de graça precisando de um lar.

Curiosidades da Raça

  • Não é só você que ficou encantado com este cãozinho. Entre os famosos donos de Maltês estão Elizabeth Taylor, Marilyn Monroe, Tony Bennett, Barbra Streisand e Elvis Presley.
  • Há uma teoria de que a cor branca do Maltês é obra dos imperadores romanos: pare eles, esta era uma cor sagrada. Logo, nada mais justo que querer seus pets nesta cor, certo?
  • Fazendo jus à nobreza a qual estavam acostumados no passado, um Maltês figura na lista dos cães mais ricos de todos os tempos. A cachorrinha “Trouble” (ou, em português, “Encrenca”) foi indicada no testamento de sua dona a receber 12 milhões de dólares!