Guia de Adestramento de Cães Passo a Passo

Como saber se a cachorra cruzou

como saber se a cachorra cruzou

Foto por theaspiringphotographer – flickr

Quem é dono de cachorrinha e opta por não a castrar já sabe: quando a cadela está no cio e filhotinhos de cachorro não fazem parte dos planos para o momento, o cuidado deve ser constante. No entanto, por maiores que sejam as precauções do dono em manter a cachorrinha longe de cães machos, às vezes o chamado da natureza é mais forte. Os pombinhos dão um jeito de ficarem juntos de formas que você nem imagina — abrindo portões, cavando pela cerca, escapando por frestas. É o instinto reprodutivo em ação!

Se você está naquela clássica situação de, apesar de ter cuidado ao máximo, ter pego a sua cachorrinha “de papo” com um macho, certamente a sua dúvida imediata será se houve a cruza. Veja a seguir o que fazer nessa situação.

E agora, como saber se a cachorra cruzou?

Infelizmente, essa não é uma pergunta fácil de responder com certeza, uma vez que os sinais imediatos de que a cruza de fato ocorreu não são muito claros.

O principal sinal perceptível de que houve a cruza é um odor particular, que pode ser sentido vindo da parte posterior da cadela. Esse odor costuma ser mais acentuado que outros odores relacionados ao período do cio.

Apesar de ainda mais difícil de identificar, outro sinal de que a cruza pode ter ocorrido é se os pelos do rosto e costas da cachorrinha apresentarem sinais de que foram lambidos pelo macho, como forma de cortejo. No entanto, esse é um sinal bastante subjetivo, e que nem sempre ocorre: isso dependerá da personalidade dos animais envolvidos e do tempo que ficaram juntos.

Aliás, o tempo é um outro fator que pode auxiliar nesta dúvida cruel. Normalmente a preocupação dos donos não está ligada à cruza em si, mas à possibilidade de uma gravidez indesejada. Portanto, considerando que os cachorros ficam “grudados” por cerca de 30 minutos no processo de fecundação, se o casal apaixonado ficou junto por um período menor que esse, as chances da cachorrinha estar grávida caem bastante.

Fim da dúvida: identificando a gravidez da cachorra

Cedo ou tarde, donos aflitos acabarão por saber se a “escapada” da cadelinha resultará em filhotes. Se você desconfia que a fecundação pode ter ocorrido, marque uma visita ao veterinário para cerca de 20 a 30 dias após a data da suposta cruza. Por meio de exames, o veterinário poderá certificar-se da gestação ou não da cachorrinha, bem como irá orientá-lo sobre os cuidados e preparativos dessa nova fase caso o resultado seja positivo.

Alguns sinais físicos de que a cachorrinha está prenha são mudanças de tamanho e cor das mamas (possíveis de notar cerca de 30 dias após o acasalamento), diminuição do apetite e vômitos (sintomas comuns da primeira metade da gestação) e um comportamento mais calmo ou dengoso.

Entretanto, mesmo que o dono identifique tais vestígios, a visita ao veterinário é fundamental, tanto para confirmar a gestação (e certificar-se de que não se trata de uma gravidez psicológica), quanto para receber orientações adequadas sobre a saúde da mãe e dos filhotes.