Guia de Adestramento de Cães Passo a Passo

Beagle

Foto por Daniel Flathagen – flickr

Membro do grupo hound, o Beagle, com o seu focinho potente, é um cão super farejador que está disposto a encontrar comida em qualquer lugar que seja.

De pequeno ou médio porte, esta raça de natureza extrovertida é muito amável e se dá bem com todo mundo. Para quem procura um cachorro de fácil manutenção, o Beagle pode ser ótimo.

História da raça

A origem da raça Beagle é incerta, pois a raça como conhecemos hoje só foi padronizada a partir do início do século XIX. De acordo com alguns documentos gregos que datam do ano 400 a.C., já havia cachorros parecidos com o Beagle.

Também acredita-se que os romanos tenham levado ao território que hoje é a Inglaterra alguns cães de pequeno porte e que eram caçadores de coelhos que acabaram se cruzando com os cães locais e auxiliaram na criação de uma nova raça.

Desde muito cedo então na história, a raça de cachorro Beagle ficou popular na Inglaterra. Durante os reinados de Eduardo II (1307-1327) e Henrique VII (1485-1509), exemplares muito pequenos da raça, os Glove Beagles (eram pequenos o suficiente para serem carregados por uma mão enluvada), eram apreciados.

Havia também os Singing Beagles devido a suas vozes estridentes e os Pocket Beagles que não passavam de 22 cm.

Eram muito utilizados para a caça, mas a partir dos anos 1700, com a caça de raposas tendo se tornado popular, logo perderam seu prestígio para outras raças porque não eram rápidos o suficiente. Se não fosse pelos fazendeiros da Inglaterra, Irlanda e País de Gales que continuaram criando cães Beagle para caçar coelhos e lebres, a raça talvez teria se extinguido.

No meio dos anos 1800, o reverendo Phillip Honeywood constituiu uma matilha de Beagles em Essex, na Inglaterra e, acredita-se que sejam esses os ancestrais do cachorro Beagle moderno.

Em 1885 a raça foi reconhecida pela American Kennel Club (AKC) e hoje é a 5ª raça mais popular nos Estados Unidos.

Características do Beagle

O corpo do Beagle é bem balanceado, robusto mas sem exageros. Sua cabeça é de comprimento moderado. O focinho também é de comprimento médio, meio quadrado.

Suas orelhas são longas e caídas, com formato arredondado nas pontas. Os olhos são de tamanho médio e são de cor castanho claro ou escuro. Tem o peito fundo e largo. A cauda é de comprimento médio, reta com inserção alta. As pernas são fortes e musculosas.

Quanto ao tamanho, há duas variedades de cão Beagle. Há a variedade de 13 polegadas, que são aqueles indivíduos que alcançam no máximo 33 cm de altura e há a de 15 polegadas que são os cães que possuem de 33 a 38 cm. Porém, há espécimes que chegam a medir até 40 cm. O peso geralmente varia de 8 kg a 13 kg, mas pode ser maior, conforme a altura do Beagle.

A pelagem é curta e possui grande variedade de cores. A combinação de cores mais comum é a que mistura o preto (a faixa no dorso do cão), o branco (pernas, peito, barriga, focinho e na ponta do rabo) e o marrom.

Beagle Infografico

Personalidade do Beagle

O Beagle é um cão bastante dócil, inteligente e corajoso. Ele se dá bem com crianças, adultos e idosos. Geralmente possui um temperamento equilibrado, mas não se engane. Ele pode ser bem teimoso e difícil de se educar.

Às vezes, a única forma de fazer com que ele obedeça é lhe dando comida como recompensa. Também não é recomendado deixar um Beagle muito tempo sozinho em casa, pois ele costuma apresentar comportamento destrutivo.

Saúde da raça e cuidados

O Beagle é uma raça de fácil manutenção, porque são cães que costumam ficar limpos, portanto não necessitam de banhos frequentes, e também porque possuem pelagem curta, que exige escovação apenas uma vez por semana.

As unhas devem ser aparadas com regularidade, a cada duas semanas mais ou menos. A escovação dos dentes realizada a cada duas ou três vezes por semana também é recomendada.

Atenção maior deve ser dada às orelhas caídas do Beagle, já que como não há uma boa circulação do ar dentro delas, o aparecimento de infecções fica facilitado. Verifique-as pelo menos de duas em duas semanas para ver se não há nenhuma infecção e as limpe com um pedaço de algodão embebido de solução auricular.

Os Beagles ainda exigem atividade física diária, como caminhadas longas e brincadeiras. Como é um cão caçador, ele tem uma forte natureza de sair errante por aí e pode ser que ele se perca. Então é sempre importante ficar de olho nele e deixá-lo, de preferência, dentro de um lugar cercado.

A recomendação diária de alimento a ser dada a um Beagle adulto é de 3/4 a 1,5 xícara de ração de boa qualidade, dividida em duas refeições.

As doenças mais comuns que costumam afetar a raça são: luxação patelar, nanismo, hipotireoidismo, epilepsia, distiquíase, atrofia progressiva da retina, glaucoma, prolapso da glândula da terceira pálpebra (cherry eye), displasia do quadril e doença do disco intervertebral.

Lugar ideal

O lugar ideal para o Beagle viver é uma casa com quintal ou em um sítio ou chácara, já que ele é um caçador e possui um nível de energia razoavelmente alto e precisa gastar suas energias, além de ter um bom espaço para farejar e procurar possíveis alimentos.

Embora não seja muito recomendado, porque os Beagles têm o hábito de latir bastante – e isso realmente pode incomodar os vizinhos – a raça até pode viver em um apartamento, desde que se passeie e faça muitas brincadeiras com o cão diariamente.

Preço do Beagle

Um filhote de Beagle está custando por volta de R$ 1.500.

Mas antes de comprar lembre-se de procurar se existe um para doação nos abrigos para cães abandonados! Têm muito cachorrinho de graça precisando de um lar.

Curiosidades sobre a raça

snoppy beagle
  • O Snoopy, o personagem do desenho animado era um Beagle!
  • Beagles não babam e nem têm o famoso cheiro de cachorro. A queda de pelos também é mínima.
  • A altura máxima do Beagle considerada nos EUA é de 38 cm e na Inglaterra é de 40 cm.
  • Beagles possuem aproximadamente 220 milhões de receptores olfativos, enquanto os humanos possuem reles 5 milhões deles. O humorista Dave Barry chegou uma vez a descrever o Beagle dos seus sogros como um “nariz com pés”.

Referências

http://dogtime.com/dog-breeds/beagle
http://www.akc.org/dog-breeds/beagle